Cobra Dágua no Jardim

Cobra Dágua no Jardim

Se eu dizer em casa que tem uma cobra no jardim, certamente as mulheres vão correr subir em cima da mesa e me jogar um chinelo para matar o animal. Mas não, não foi o caso que aconteceu ontem.

Depois me limpar o jardim minha mulher me chamou para ver o bichinho que estava pendurado do sombrero (árvore). Era uma cobra dágua que certamente tinha subido na árvore buscar bichos para se alimentar e havia acabado pendurada de um dos galhos, bem na altura de um adulto em pé.

De coloração preta ou escura no lombo e cores claras como branco ou amarelo na barriga, este tipo de cobra não é peçonhenta, porém garanto que pode dar um susto em qualquer um.

” Ainda bem que não vi ela de perto porque ia sair correrndo”, riu minha mulher. No final deixamos ela onde estava para que atravessasse a tela de casa e seguisse seu caminho através da natureza.

Sobre a Cobra dágua 

A coloração do dorso é escura, com listras longitudinais, o ventre pode ser branco, amarelo ou vermelho, com listras ou padrão xadrez preto. Espécie de porte pequeno, medindo entre 30 e 80 cm.

Distribuem-se desde o sudeste até o sul do Brasil, e extremamente comuns na área do reservatório. São facilmente encontradas nos açudes, banhados, campos alagados e em quase qualquer corpo d’água.

Alimentam-se principalmente de peixes, mas também podem comer pequenas rãs. São vivíparas, podendo parir cerca de 25 filhotes por gestação.
Muito agressivas quando molestadas, mas suas mordidas são inofensivas.
Essas serpentes costumam abocanhar os peixes presos em redes e anzóis, assim, é comum serem encontradas por pescadores que acabam por matá-las desnecessariamente.

São serpentes aquáticas, alimentam se basicamente de peixes e anfíbios. Conseguem passar subsmersas vários minutos apenas com o oxigenio nos seus pulmões. Em caso de predadores ou até mesmo o ser humano no seu passeio perto de um lago a serpente como defesa camuflam se ao fundo e ficam imóveis, o que faz dessas serpentes muitas vezes comuns, relativamente difíceis de serem observadas. A maioria é agressiva, mas não apresentam peçonha.

Para alguns a existência de cobras e ameazadora, mas isso não quer dizer que devemos matar animal, eles possuem um papael importante no equilíbro do ecossistema. Porém, se alguma cobra peçonhenta aparecer na sua casa, com certeza é importante ligar para os bombeiros para que façam a retirada do animal. Nunca tente manusear um animal destes sem conhecimento.

 

Comentários

comentários

Compartilhe