Tamanduá Mirim de Visita

Tamanduá Mirim de Visita

Os animais selvagens da natureza podem estar muito mais próximos do que você imagina. A diminuição das áreas de preservação e o crescimento constante das áreas urbanas provoca mudanças tão radicais que muitas vezes bichos que comumente vemos em zoológicos possam aparecer em áreas povoadas na procura de comida.

Desta vez foi o caso de um tamanduá mirim, que habita em toda América do Sul, e cuja população se estende do Sul até o Sudeste do Brasil e parte das regiões do Norte.

Ele alimenta-se de formigas e cupins e acostuma trepar nas árvores e andar sigiloso entre a mata. Ele não está ameaçado de extinção, embora sua permanência esteja sendo ameaçada em locais onde é suprimida a mata para lavoura ou construções. Seu tamanho chega a ter entre 47 e 77 centímetros e pesar cerca de 7 quilos. É menor ao tamanduá bandeira, que sim está ameaçado de extinção.

“O caso é que este simpático animal apareceu do lado de casa. Seus hábitos, apesar de serem noturnos, não o afastam de comida se é de dia. Ele, que acostuma dormir em tocas de tatus, árvores ocas ou locais protegidos, ficou sentando do lado de fora da cerca de casa. Depois de um tempo me aproximei e conferi que era um filhote. Conferi visualmente que não estivesse ferido e depois de umas três horas de sono sentato, ele seguiu de passagem. Foi um presente poder ter visto ele no meio a natureza e do lado de casa” – Ezequiel Gringo.

Observação: os animais selvagens não são mansos, então, não tente pegá-los, se aproximar muito ou cutucá-los. Eles acostumam ficar estressados ou com medo diante dos humanos. Ligue para os órgãos competentes se precisar de ajuda.

Para conhecer mais sobre a espécie acesse: http://www.icmbio.gov.br/portal/faunabrasileira/estado-de-conservacao/7128-mamiferos-tamandua-tetradactyla-tamandua-mirim 

IMG_7884

IMG_7886

IMG_7882

Compartilhe