• Home »
  • Surf-pro »
  • Maresia Paulista de Surf Profissional Adia 2da Etapa por QS 3000 no Chile
Maresia Paulista de Surf Profissional Adia 2da Etapa por QS 3000 no Chile

Maresia Paulista de Surf Profissional Adia 2da Etapa por QS 3000 no Chile

Para beneficiar dezenas de surfistas brasileiros que disputarão o QS no Chile, a Federação Paulista de Surf e a Maresia decidiram adiar a 2ª etapa do Maresia Paulista de Surf Profissional por uma semana. A principal competição regional do País, com R$ 30 mil em premiação, sendo R$ 8 mil ao vencedor, e também válida pelo ranking da Abrasp, estava marcada para os dias 22 e 23 de julho, os dois dias finais da janela do evento da WSL.

Agora, foi confirmada para os dias 29 e 30, mantendo o mesmo local, a Praia de Maresias, em São Sebastião. As inscrições já estão abertas. “Muitos surfistas, inclusive o líder do ranking, competirão no Chile e nosso objetivo, tanto a Federação quanto a Maresia, é de ajudar o surf nacional. Até o público perderia, deixando de acompanhar alguns tops de São Paulo, do Brasil”, afirma o presidente da Federação Paulista de Surf, Silvio da Silva, o Silvério.

“O Maui and Sons Arica Pro Tour é tradicional e como subiu o seu status de QS 1500 para 3000 se torna ainda mais importante para quem está no ranking mundial. Queremos agradecer a Maresia pela compreensão”, complementa Silvério, destacando que as inscrições devem ser feitas pelo e-mailinscricao@fpsurf.com.br, com pagamento em dinheiro no local do evento, antes da participação do atleta em sua bateria.

Na mensagem, o surfista deve mencionar o nome de competição, se é PRO (profissional) ou AMA (amador) e o estado onde mora, aguardando a resposta da Federação Paulista de Surf. A taxa é de R$ 240,00 para os atletas de São Paulo e R$ 230,00 para competidores de outros estados.

Até o dia 27, as adesões são exclusivas para surfistas profissionais do Estado de São Paulo. A partir do dia 28, poderão se inscrever os profissionais de todo o País. As vagas remanescentes serão liberadas para amadores do dia 10 até o dia 14 de julho, mas a Federação Paulista avisa que as inscrições podem ser encerradas se o limite de 96 atletas for atingido.

1ª ETAPA – Na etapa inicial, em Ubatuba, quem levou a melhor foi Thiago Camarão, de São Sebastião e campeão paulista em 2015. Na final, superou três surfistas locais, com dois talentos da nova geração, Wesley Leite em segundo, Wesley Dantas, em terceiro, e o experiente Hizunomê Bettero, bicampeão estadual, em quarto.

Além dos R$ 30 mil em premiação em cada etapa, além dos R$ 1 mil da Overboard Expression Session, os atletas têm como incentivo os 3 mil pontos na Abrasp para a disputa do título brasileiro de 2017. Outro grande atrativo é a moto 0k, oferecida ao campeão estadual pela Surf Trip, Kyw e Super Tubes.

O Maresia Paulista de Surf Profissional 2017 tem os patrocínios da rede de lojas Overboard, Surf Trip, Kyw e Super Tubes. Apoios de K Energy Drink, prefeituras de Ubatuba e São Sebastião, Associação Ubatuba de Surf e Associação de Surf de São Sebastião, Governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Juventude Esporte e Lazer, com divulgação de Waves. Realização: Federação Paulista de Surf.

RESULTADOS, PREMIAÇÃO E PONTUAÇÕES:

1 Thiago Camarão (São Sebastião/SP) – R$ 8 mil/ 1.000 pontos no paulista – 3.000 pontos no brasileiro

2 Wesley Leite (Ubatuba/SP) – R$ 5 mil/ 860 pontos no paulista – 2.580 pontos no brasileiro

3 Wesley Dantas (Ubatuba/SP) – R$ 3,2 mil/ 730 pontos no paulista – 2.190 pontos no brasileiro

4 Hizunomê Bettero (Ubatuba/SP) – R$ 2,6 mil/ 670 pontos no paulista – 2.010 pontos no brasileiro

5 Geovani Ferreira (Ubatuba/SP) – R$ 1,6 mil/ 610 pontos no paulista – 1.830 pontos no brasileiro

5 Luciano Brulher (Caraguatatuba/SP) – R$ 1,6 mil/ 610 pontos no paulista – 1.830 pontos no brasileiro

7 Willian Cardoso (SC) – R$ 1,2 mil/ 555 pontos no paulista – 1.666 pontos no brasileiro

7 José Francisco (PB) – R$ 1,2 mil/ 555 pontos no paulista – 1.666 pontos no brasileiro

9 Emerson Santos (Ubatuba/SP) – R$ 800,00/ 500 pontos no paulista – 1.500 pontos no brasileiro

9 Leandro Bastos (RJ) – R$ 800,00/ 500 pontos no paulista – 1.500 pontos no brasileiro

9 Nathan Kawani (Guarujá/SP) – R$ 800,00/ 500 pontos no paulista – 1.500 pontos no brasileiro

9 Flávio Nakagima (Praia Grande/SP) – R$ 800,00/ 500 pontos no paulista – 1.500 pontos no brasileiro

13 Edgard Groggia (Guarujá/SP) – R$ 600,00/ 450 pontos no paulista – 1.350 pontos no brasileiro

13 Victor Valentin (PR) – R$ 600,00/ 450 pontos no paulista – 1.350 pontos no brasileiro

13 Tamae Bettero (Ubatuba/SP) – R$ 600,00/ 450 pontos no paulista – 1.350 pontos no brasileiro

13 Wanderson Silva (Guarujá/SP) – R$ 600,00/ 450 pontos no paulista – 1.350 pontos no brasileiro

Overboard Expression SessionEdgard Groggia (Guarujá/SP) – com um aéreo – R$ 1 mil

Comentários

comentários

Compartilhe