• Home »
  • »
  • Obra Ameaça Preservação de Puerto Escondido

Obra Ameaça Preservação de Puerto Escondido

As manifestações se estenderam pela cidade. Shaun Gregory Cooper

Meio Ambiente 

Centenas de manifestantes mexicanos caminharam pelas ruas no começo do mês para protestar pela construção de um porto comercial com atracadouro de amplas dimensões na área de Ponta Colorada e na praia de Zicatela, onde existe a famosa onda de Puerto Escondido, no México. Oceanógrafos, ambientalistas, a comunidade de pesca artesanal e moradores alertaram que o empreendimento do Governo poderá prejudicar a rica diversidade ambiental dessa região e ainda destruir os bancos de areia que formam as ondas perfeitas dessas praias. 


Tubos perfeitos rodam em Punta Colodada. Foto: Shaun Gregory Cooper

Protestos

Como tentativa de frear o que pode ser o fim das esquerdas tubulares de Puerto Escondido, os manifestantes abriram um petitório na internet através do site Change.org para declarar como Reserva Natural a região da Ponta Colorada. 

O ecossistema de Ponta Colorada possui um complexo sistema de riachos, morros e áreas de selva que chegam até a costa, formando um vale que capta água para uma lagoa com manguezais e que chega ao Oceano Pacífico. Neste local abundam aves migratórias como cisnes, patos e pelicanos, além de crocodilos na lagoa. Já no mar, a fauna animal maior ainda, com golfinhos, tartarugas, raias manta, grandes peixes de alto mar e até baleias ocasionais. 

O local é cheio de riquezas naturais. 


Uma das principais denúncias dos oceanógrafos e da comunidade é o fato da obra não ter tido um aprofundado Estudo de Impacto Ambiental. De acordo com declarações dos grupos à mídia, o projeto não tem um levantamento das correntes marítimas, marés, batimetria e sedimentação. Esta falta de dados implica também na falta de conhecimento de como a obra irá influenciar na comunidade pesqueira, no turismo nacional e internacional e no ecossistema. 


Local onde o Governo destruiu recursos com obra errada. 

Antecedentes 

Em situações anteriores, o governo já executou obras semelhantes que acabaram com mais de 50 empreendimentos turísticos em Cerro Hermoso, onde secaram lagoas naturais, acabando com a vida de peixes e crustáceos. Neste empreendimento autorizado pela Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais de México (Semarnat), centenas de moradores foram forçados a abandonar o vilarejo porque o principal ingresso de renda, vindo da pesca e o turismo, foi extinto. 


Prédio de 3 pisos autorizado pela Semarnat, será que pode

O presidente do Surf Club de Oxaca Humberto Oliveira e o proprietário de hotel Clive Richter foram para a luta desde o começo. Eles realizaram abaixo-assinados, manifestações públicas e passeatas que eventualmente conseguiram o apoio do campeão mundial de Bodyboarding Jeff Hubbard e alcançaram consequentemente milhares de bodyboarders. 
As informações da mídia mexicana levantam que o projeto do porto partiu da empresa particular Procomar, uma gigante da venda de frutos do mar e peixes congelados e que também trabalha na área de empreendimentos imobiliários e mega projetos. A obra está sendo financiada pela municipalidade de Oxaca. 

Ponta Colorada é um paraíso em risco pelo desenvolvimento sem preservação. 


“Uma vez que a comunidade do surf tomou conhecimento dos planos da Procomar, fomos barrados de participar em todas as reuniões comunitárias para debater a chega da empresa. Toda a evidência está na frente deles (os políticos), mas eles não querem ouvir. Esta é a última praia virgem de Puerto, surfistas, maricultores, pescadores, mergulhadores e ambientalistas têm muito a perder se esse projeto é implantado”, disse Richter. 

Para assinar o pedido contra a construção do Porto e Atracadouro e Declaração de Ponta Colorada de Reserva Natural acesse: https://www.change.org/es-LA/peticiones/gobierno-federal-de-m%C3%A9xico-onu-gabino-cue-monteagudo-detener-las-obras-de-la-d%C3%A1rsena-y-declarar-punta-colorada-reserva-natural 

OBs: Informações levantadas de Surfline.com e dos sites do governo do México e Jornais mexicanos. 

Para saber mais acesse no face da campanha – Salvemos Punta Colorada – https://www.facebook.com/Save.Colorada

Comentários

comentários

Compartilhe