Deivid Silva é bicampeão em Marrocos em outra final brasileira na Europa

Deivid Silva é bicampeão em Marrocos em outra final brasileira na Europa

Os brasileiros seguem ganhando um título atrás do outro nas últimas etapas da World Surf League. No último fim de semana, o paulista Deivid Silva conquistou o bicampeonato no QS 1500 Anfaplace Pro Casablanca em Marrocos, em outra final verde-amarela consecutiva na “perna europeia” do WSL Qualifying Series. No ano passado, Deivid Silva derrotou o francês Nelson Cloarec e nesse ano a decisão do título foi contra o capixaba Rafael Teixeira. Uma etapa do QS 1500 feminino também foi disputada no fim de semana em Marrocos e a surpresa foi a argentina Josefina Ané, que foi vice-campeã na final contra a australiana Mikaela Greene no domingo em Casablanca.

Deivid Silva (Laurent Masurel – WSL)

No masculino, essa foi a terceira vitória consecutiva do Brasil nas etapas do WSL Qualifying Series nas últimas três semanas. No dia 03 de outubro, o pernambucano Gabriel Farias foi o campeão do QS 1000 WRV Outer Banks Pro na Carolina do Norte, Estados Unidos. No dia 10, o QS 6000 Azores Airlines Pro foi encerrado com uma final brasileira em Portugal e o catarinense Yago Dora faturou o título derrotando o cearense Michael Rodrigues, que já havia sido vice-campeão no outro QS 6000 da Europa disputado na semana anterior na Espanha, o Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro.

Agora, mais uma final verde-amarela consecutiva aconteceu no domingo em frente ao Shopping Anfaplace, em Casablanca. Foi mais uma etapa dominada pelos brasileiros, com cinco entre os oito classificados para as quartas de final. O paranaense Peterson Crisanto perdeu a primeira para o costa-ricense Noe Mar McGonagle. Na segunda, Rafael Teixeira derrotou o carioca Jeronimo Vargas no primeiro confronto brasileiro do domingo em Marrocos. Na terceira, o francês Gatien Delahaye barrou o pernambucano Luel Felipe. E na última, Deivid Silva voltou a eliminar o mesmo surfista com quem decidiu o título do QS 1500 de Marrocos no ano passado, o francês Nelson Cloarec.

Rafael Teixeira (Laurent Masurel – WSL)

BRASILEIROS NO RANKING – Nas semifinais, Rafael Teixeira superou Noe Mar McGonagle e Deivid Silva despachou Gatien Delahaye para confirmar mais uma decisão brasileira na temporada 2017 do WSL Qualifying Series. Com os 1.500 pontos da vitória, Deivid Silva subiu da 67.a para a 55.a posição no ranking e faturou o prêmio máximo de 10.000 dólares oferecido nas etapas do QS 1500. Já Rafael Teixeira, tirou o 48.o lugar do paulista Hizunomê Bettero com os 1.125 pontos do vice-campeonato e recebeu 5.000 dólares.

O resultado desta etapa não provocou nenhuma mudança no grupo dos dez surfistas que o WSL Qualifying Series classifica para completar a elite dos top-34 que disputa o título mundial no World Surf League Championship Tour. O Brasil detém metade das vagas no momento, com o paulista Jessé Mendes na liderança já garantido no CT 2018 e o catarinense Yago Dora em segundo lugar também quase confirmado. Os outros são o cearense Michael Rodrigues na quarta posição e os catarinenses Tomas Hermes e Willian Cardoso na sexta e nona colocações, respectivamente, após a 45.a etapa encerrada no último domingo em Marrocos.

Josefina Ane (Laurent Masurel – WSL)

PRÓXIMAS ETAPAS – Na próxima semana, acontecem mais duas provas simultaneamente, o QS 3000 Siargão Cloud 9 Surfing Cup de 24 a 30 de setembro nas Filipinas e o último QS 10000 do ano antes dos dois que abrem a Tríplice Coroa Havaiana na ilha de Oahu. O Cascais Billabong Pro começa no dia 26 de setembro e vai até 05 de outubro em Portugal e é mais um evento que no ano passado foi vencido por um brasileiro, o líder do ranking 2017, Jessé Mendes. Em outubro também terá uma etapa no Brasil, a estreia do QS 1500 South to South apresenta Itacaré Surf Sound Festival nos dias 26 a 29 na Praia da Tiririca, em Itacaré, no litoral sul da Bahia.

No WSL Qualifying Series feminino, o Anfaplace Pro Casablanca foi a última etapa antes das três provas da nova “perna sul-americana” da WSL South America para as meninas. A próxima é o já tradicional QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Women´s Pro nos dias 6 a 8 de outubro nas ondas poderosas de Punta de Lobos, no Chile. Depois tem duas estreias no calendário mundial, o QS 1500 Neutrox Weekend nos dias 20 a 22 na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, e o QS 1000 Reef & Paris Women´s Pro, que vai fechar a disputa pelo título sul-americano da WSL South America no fim de semana seguinte, dias 28 e 29 em San Bartolo, no Peru.

Mais informações, notícias, fotos, vídeos e todos os resultados do QS 1500 Anfaplace Pro Casablanca em Marrocos, podem ser acessadas no site do evento no www.worldsurfleague.com

Deivid Silva, Rafael Teixeira, Mikaela Greene e Josefina Ané (Foto: Laurent Masurel – WSL)

SOBRE A WORLD SURF LEAGUE – A World Surf League (WSL), antes denominada Association of Surfing Professionals (ASP), tem como objetivo celebrar o melhor surf do mundo nas melhores ondas do mundo, através das melhores plataformas de audiência. A Liga Mundial de Surf, com sede em Santa Mônica, na Califórnia, atua em todo o globo terrestre, com escritórios regionais na Austrália, África, América do Norte, América do Sul, Havaí, Europa e Japão.

A WSL vem realizando os melhores campeonatos do mundo desde 1976, promovendo os eventos que definem os campeões mundiais masculino e feminino no Championship Tour, além do Big Wave Tour, Qualifying Series e das categorias Junior e Longboard, bem como o WSL Big Wave Awards. A Liga tem especial atenção para a rica herança do esporte, promovendo a progressão, inovação e desempenho nos mais altos níveis, para coroar os campeões de todas as divisões do Circuito Mundial.

Os principais campeonatos de surf do mundo são transmitidos ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo aplicativo grátis WSL app. A WSL tem uma enorme legião de fãs apaixonados pelo surf em todo o mundo, que acompanham ao vivo as apresentações de grandes estrelas, como Tyler Wright, John John Florence, Paige Alms, Grant Baker, Phil Rajzman, Tory Gilkerson, Mick Fanning, Stephanie Gilmore, Kelly Slater, Carissa Moore, Gabriel Medina, Courtney Conlogue, entre outros, competindo no campo de jogo mais imprevisível e dinâmico entre todos os esportes no mundo.

Para mais informações, visite o WorldSurfLeague.com

—————————————————————-

João Carvalho – WSL South America Media Manager – jcarvalho@worldsurfleague.com

—————————————————————-

RESULTADOS DO ÚLTIMO DIA DO QS 1500 ANFAPLACE PRO CASABLANCA:

Campeão: Deivid Silva (BRA) por 17,90 pontos (notas 9,57+8,33) – US$ 10.000 e 1.500 pontos

Vice-campeão: Rafael Teixeira (BRA) com 10,00 pontos (6,17+3,83) – US$ 5.000 e 1.125 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 840 pontos e US$ 2.000 de prêmio:

1.a: Rafael Teixeira (BRA) 14.17 x 13.63 Noe Mar McGonagle (CRI)

2.a: Deivid Silva (BRA) 18.37 x 16.07 Gatien Delahaye (FRA)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 630 pontos e US$ 1.000 de prêmio:

1.a: Noe Mar McGonagle (CRI) 14.73 x 13.23 Peterson Crisanto (BRA)

2.a: Rafael Teixeira (BRA) 13.23 x 11.50 Jeronimo Vargas (BRA)

3.a: Gatien Delahaye (FRA) 11.50 x 11.44 Luel Felipe (BRA)

4.a: Deivid Silva (BRA) 15.87 x 15.33 Nelson Cloarec (FRA)

RESULTADOS DOS SUL-AMERICANOS NAS PRIMEIRAS FASES EM MARROCOS:

QUARTA FASE – 1.o e 2.o=Quartas de Final / 3.o=9.o lugar (US$ 300 e 450 pts) e 4.o=13.o (US$ 200 e 420 pts):

1.a: 1-Noe Mar McGonagle (CRI), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-Jorgann Couzinet (FRA), 4-Thiago Guimarães (BRA)

2.a: 1-Jeronimo Vargas, 2-Peterson Crisanto (BRA), 3-Jared Hickel (AUS), 4-Tristan Guilbaud (FRA)

3.a: 1-Gatien Delahaye (FRA), 2-Deivid Silva (BRA), 3-Raoni Monteiro (BRA), 4-Colin Doyez (FRA)

4.a: 1-Nelson Cloarec (FRA), 2-Luel Felipe (BRA), 3-Ruben Vitoria (ESP), 4-Matthew McGillivray (AFR)

TERCEIRA FASE – 3.o=17.o lugar com 300 pontos e 4.o=25.o lugar com 280 pontos:

1.a: 1-Noe Mar McGonagle (CRI), 2-Tristan Guilbaud (FRA), 3-Adrian Garcia (PER), 4-Jade Azami (MAR)

2.a: 1-Jorgann Couzinet (FRA), 2-Jeronimo Vargas (BRA)3-Cristobal de Col (PER), 4-Tom Cloarec (FRA)

3.a: 1-Peterson Crisanto (BRA), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Enzo Cavallini (FRA), 4-Alonso Correa (PER)

4.a: 1-Jared Hickel (AUS), 2-Rafael Teixeira (BRA), 3-David Dorne (GLP), 4-Titouan Boyer (FRA)

5.a: 1-Gatien Delahaye (FRA), 2-Luel Felipe (BRA), 3-Tomas Fernandes (PRT), 4-Dimitri Ouvre (FRA)

6.a: 1-Raoni Monteiro (BRA), 2-Nelson Cloarec (FRA), 3-Mihimana Braye (TAH), 4-Luan Carvalho (BRA)

7.a: 1-Matthew McGillivray (AFR), 2-Colin Doyez (FRA), 3-Dean Bowen (AUS), 4-Thiago Camarão (BRA)

8.a: 1-Ruben Vitoria (ESP), 2-Deivid Silva (BRA), 3-Yage Araujo (BRA), 4-Wesley Leite (BRA)

SEGUNDA FASE – 3.o=33.o lugar com 180 pontos e 4.o=49.o lugar com 165 pontos:

2.a: 1-Jade Azami (MAR), 2-Tom Cloarec (FRA), 3-Yuri Gonçalves (BRA), 4-Zouhir Selyann (MAR)

3.a: 1-Cristobal de Col (PER), 2-Adrian Garcia (PER), 3-Paul Cesar Distinguin (FRA), 4-Aboubakar Bouaouda (MAR)

4.a: 1-Jeronimo Vargas (BRA), 2-Tristan Guilbaud (FRA), 3-Guilherme Villas Boas (BRA), 4-Lens Arancibia Avila (FRA)

5.a: 1-Peterson Crisanto (BRA), 2-David Dorne (GLP), 3-Alan Saulo (BRA), 4-Francisco Carrasco (PRT)

6.a: 1-Alonso Correa (PER), 2-Titouan Boyer (FRA), 3-Abdel El Harim (MAR), 4-Jao Errera (FRA)

7.a: 1-Rafael Teixeira (BRA), 2-Enzo Cavallini (FRA), 3-Charles Martin (GLP), 4-Max Longhurst (AUS)

8.a: 1-Jared Hickel (AUS), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Miguel Blanco (PRT), 4-Yassine Ramdani (MAR)

9.a: 1-Luel Felipe (BRA), 2-Raoni Monteiro (BRA), 3-Ramzi Boukhiam (MAR), 4-Frederico Magalhães (PRT)

12: 1-Luan Carvalho (BRA), 2-Gatien Delahaye (FRA), 3-Pedro Neves (BRA), 4-Soufiane Charoub (MAR)

13: 1-Thiago Camarão (BRA), 2-Ruben Vitoria (ESP), 3-Luis Perloiro (PRT), 4-Jacob Willcox (AUS)

14: 1-Matthew McGillivray (AFR), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Fall Cherif (SEN), 4-Damian Ceballos (CNY)

15: 1-Deivid Silva (BRA), 2-Dean Bowen (AUS), 3-Keoni Yan (HAV)

16: 1-Yagê Araujo (BRA), 2-Colin Doyez (FRA), 3-Luis Diaz (CNY), 4-Simo Berrada (MAR)

PRIMEIRA FASE – 3.o=65.o lugar com 105 pontos e 4.o=73.o lugar com 98 pontos:

2.a: 1-Cristobal de Col (PER), 2-Tristan Guilbaud (FRA), 3-Camille Maurisset (MAR)

3.a: 1-Alan Saulo (BRA), 2-Jao Errera (FRA), 3-Zouhir Houmay (MAR)

4.a: 1-Charles Martin (GLP), 2-Thiago Guimarães (BRA), 3-Cainã Souza da Silva (BRA), 4-Loic Teva Bizien (TAH)

5.a: 1-Luel Felipe (BRA), 2-Chadi Lahrioui (MAR), 3-Abdelhanin Dribki (MAR)

6.a: 1-Dimitri Ouvre (FRA), 2-Luan Carvalho (BRA), 3-Hamza Kouhly (MAR), 4-Abdellah Soufiane (MAR)

8.a: 1-Dean Bowen (AUS), 2-Simo Berrada (MAR), 3-Thierno Sambe (SEN), 4-Bruno de Andrade Maia (BRA)

RESULTADOS DAS SUL-AMERICANAS NO QS 1500 ANFAPLACE PRO CASABLANCA:

Campeã: Mikaela Greene (AUS) por 16,16 pontos (notas 8,83+7,33) – US$ 6.000 e 1.500 pontos

Vice-campeã: Josefina Ané (ARG) com 9,27 pontos (notas 4,90+4,37) – US$ 3.000 e 1.125 pontos

SEMIFINAIS – 3.o lugar com 840 pontos e US$ 1.000 de prêmio:

1.a: Josefina Ané (ARG) 13.50 x 10.30 Yolander Hopkins (PRT)

2.a: Mikaela Greene (AUS) 15.50 x 10.36 Peony Knight (ING)

QUARTAS DE FINAL – 5.o lugar com 630 pontos e US$ 500 de prêmio:

1.a: Josefina Ané (ARG) 11.66 x 6.60 Lucia Cosoleto (ARG)

SEGUNDA FASE – 3.a=9.o lugar (US$ 300 e 450 pts) e 4.a=13.o lugar (US$ 200 e 420 pts):

1.a: 1-Josefina Ané (ARG), 2-Yolander Hopkins (PRT), 3-Paige Hareb (NZL), 4-Ariane Ochoa (ESP)

2.a: 1-Garazi Sanchez Ortun (ESP), 2-Lucia Cosoleto (ARG), 3-Tessa Thysen (FRA), 4-Melanie Giunta (PER)

4.a: 1-Mikaela Greene (AUS), 2-Peony Knight (ING), 3-Marion Philippe (TAH), 4-Julia Camargo (BRA)

PRIMEIRA FASE – 3.a=17.o lugar com 300 pontos e 4.a=25.o lugar com 280 pontos:

1.a: 1-Paige Hareb (NZL), 2-Lucia Cosoleto (ARG), 3-Lorena Fica (CHL), 4-Soukaina Aghouali (MAR)

2.a: 1-Ariane Ochoa (ESP), 2-Melanie Giunta (PER)3-Evelyn Gontier (ARG)

4.a: 1-Tessa Thyssen (FRA), 2-Josefina Ané (ARG), 3-Summa Longbottom (AUS), 4-Yasmine Berred (MAR)

6.a: 1-Ella Williams (NZL), 2-Julia Camargo (BRA), 3-Nagisa Tashiro (JPN), 4-Leonor Fragoso (PRT)

G-10 DO WSL QUALIFYING SERIES – após 45.a etapa em Marrocos:

01: Jessé Mendes (BRA) – 25.250 pontos

02: Yago Dora (BRA) – 19.610

03: Kanoa Igarashi (EUA) – 16.490

04: Michael Rodrigues (BRA) – 15.090

05: Michael February (AFR) – 14.750

06: Tomas Hermes (BRA) – 14.560

07: Keanu Asing (HAV) – 14.300

08: Jorgann Couzinet (FRA) – 13.685

09: Willian Cardoso (BRA) – 13.000

10: Griffin Colapinto (EUA) – 12.910

———sul-americanos até 100:

16: Alex Ribeiro (BRA) – 10.150 pontos

19: Flavio Nakagima (BRA) – 9.250

24: Alejo Muniz (BRA) – 8.800

27: Bino Lopes (BRA) – 8.175

31: Marco Giorgi (URU) – 7.600

34: Thiago Camarão (BRA) – 7.260

38: Miguel Tudela (PER) – 6.880

40: Peterson Crisanto (BRA) – 6.730

43: Filipe Toledo (BRA) – 6.500

45: Miguel Pupo (BRA) – 6.450

45: Heitor Alves (BRA) – 6.450

48: Rafael Teixeira (BRA) – 6.165

49: Hizunomê Bettero (BRA) – 6.160

51: Victor Bernardo (BRA) – 5.830

55: Deivid Silva (BRA) – 5.410

60: Krystian Kymerson (BRA) – 5.225

61: Luel Felipe (BRA) – 5.140

62: Marco Fernandez (BRA) – 5.105

66: Jadson André (BRA) – 4.650

66: Tomas Tudela (PER) – 4.650

68: Lucas Silveira (BRA) – 4.540

73: David do Carmo (BRA) – 4.260

74: Santiago Muniz (ARG) – 4.210

79: Leandro Usuna (ARG) – 3.960

83: Adriano de Souza (BRA) – 3.860

87: Thiago Guimarães (BRA) – 3.820

91: Italo Ferreira (BRA) – 3.700

91: Marcos Correa (BRA) – 3.700

93: Mateus Herdy (BRA) – 3.570

103: Manuel Selman (CHL) – 3.450

Comentários

comentários

Compartilhe