Jordy Smith Comemora Primeira Vitória na Tríplice Coroa Havaiana

Jordy Smith Comemora Primeira Vitória na Tríplice Coroa Havaiana

O sul-africano Jordy Smith levantou a taça de campeão da segunda etapa da Tríplice Coroa Havaiana disputada em Sunset, o Vans World Cup of Surfing. Em ondas desafiadoras, força e velocidade, Jordy foi o melhor atleta da final que contou com a participação de Frederico Morais (PRT), Torrey Meister (HAW) e Tanner Gudauskas (USA).
Smith venceu com um somatório de 15.06 pontos. Morais chegou perto e perdeu o títuo por 0.96.

O evento QS 10 Mil marca a segunda vitória do ano de Jordy Smith no circuito mundial. A primeira conquista foi no Hurlçey Pro em Trestles no mês setembro. Porém umas peculiaridades é que o sul-africano nunca tinha conseguido vencer uma competição profissional no Havaí, o verso do esporte.

“Cedo na minha carreira, consegui fazer algumas finais, mas realmente acho que tinha algo com o lugar. Não sei muito bem, tem sido seis ou sete anos em que nunca consegui fazer nada certo, e depois parece que tudo tivesse se encaixado. Estou muito contente”, comentou Jordy.

Gudauskas abriu a final com duas ondas boas e acertou bem no back-side, demonstrando excelente troca de bordas e carve.

Depois Morais respondeu com a primeira nota alta, um 8.23 pontos com excelente carve. Ele está no terceiro lugar do ranking do QS.

A melhor onda da bateria foi para Jordy, que marcou 8.73 e deixou o resto com poucas chances de disputar a vitória.

Nas semifinais foi disputada permanência dos atletas no circuito QS até a 10- posição. Jack Freestone passou junto com André, que ficou no oitavo lugar do ranking. Ezekiel Lau do Havaí chegou ao 11 posição e precisa que outros dois atletas não consigam somar os pontos necessários para segurar a vaga no VCT de 2017.

Até o momento os atletas que passam para o CT em 2017 são  Connor O’Leary (AUS), Ethan Ewing (AUS), Frederico Morais (PRT), Joan Duru (FRA), Kanoa Igarashi (USA), Leonardo Fioravanti (ITA), Jeremy Flores (FRA), Jadson Andre (BRA), Ian Gouveia (BRA) e Jack Freestone (AUS).


 

 

Comentários

comentários

Compartilhe