Ripo Curl Pro Stamina com Maratona de Baterias

Jihad Khodr na defesa do título na Argentina. Foto: Erico Farias/Proenter

Circuito WQS

O Rip Curl Pro Stamina foi iniciado na quarta-feira com uma verdadeira maratona de 24 baterias disputadas no primeiro dia da etapa do ASP 3-Star que abre o calendário do ASP South America Surf Series 2014 na Argentina. Foram duas rodadas completas para definir os 32 classificados para enfrentar os principais cabeças de chave na terceira fase da competição, que prossegue até domingo na Playa Grande de Mar del Plata. O objetivo da comissão técnica foi realizar o máximo de baterias porque as previsões do mar não são boas para os próximos dias.


Campeão do Rip Curl Pro da Argentina no ano passado, o brasileiro Jihad Khodr foi um dos destaques da quarta-feira, recebendo nota 8,60 em sua melhor onda para totalizar 16,10 pontos. Dos quatro finalistas de 2013, o paranaense Jihad foi o único que já estreou no primeiro dia, pois o catarinense Matheus Navarro (vice-campeão), o paulista David do Carmo (3.o lugar) e o baiano Marco Fernandez (4.o), fazem parte da lista dos cabeças de chave que só entram na terceira fase, quando começa a ser distribuída a premiação de 55 mil dólares oferecida nas etapas do ASP 3-Star.

“Eu estava bem calmo e focado na bateria”, disse Jihad Khodr. “Sei que vai ser muito difícil repetir o título do ano passado, mas não tenho rivais específicos, acho que o principal sou eu mesmo. A Argentina já está na minha história, pois minha mudança começou aqui há um ano”.

A somatória de Jihad Khodr na terceira bateria da segunda fase só foi superada na 12.a por outro brasileiro, Marcos Correa, que atingiu 16,50 pontos com notas 8,5 e 8,0. Os recordes do dia foram registrados quando as ondas na Playa Grande apresentaram as melhores condições. Antes de Marcos Correa, na décima bateria, Yan Daberkow arrancou uma nota 9,0 dos juízes e na disputa seguinte Bruno Galini surfou uma onda melhor ainda para ganhar 9,4, a maior do campeonato nas 24 baterias da quarta-feira em Mar del Plata.

QUINZE PAÍSES 
O Rip Curl Pro Stamina começou com 112 inscritos de quinze países para disputar a primeira etapa da ASP South America do QS masculino esse ano. A maioria era do Brasil com sessenta participantes, seguido pela Argentina com dezessete, os Estados Unidos com sete, Chile com seis, Peru com quatro, com três a Austrália e África do Sul, com dois o Havaí, Japão, Uruguai, Equador e com um representante a França, Espanha, Venezuela e Ilha Guadalupe.

O esquadrão verde-amarelo conquistou dezessete vitórias nas 24 baterias da quarta-feira. Nove delas foram encerradas com dobradinhas, ou seja, com outro brasileiro se classificando em segundo lugar. Mas, também teve dobradinha argentina com Maximiliano Siri e Nahuel Rull na bateria que fechou a primeira fase, apesar de que ambos acabaram eliminados nos últimos confrontos do dia. Além de Maximiliano Siri, outro argentino que estreou com vitória foi o jovem Felipe Suarez, igualmente derrotado na segunda fase.

Já as outras cinco vitórias de surfistas que superaram os brasileiros valeram classificação para a rodada dos cabeças de chave do Rip Curl Pro Stamina. O primeiro deles foi o norte-americano Jake Halstead na quarta bateria da segunda fase, que teve ainda o basco Ethan Egiguren barrando o brasileiro Saul Senna na disputa pela outra vaga. Na sétima, o único representante da Ilha Guadalupe, Dimitri Ouvre, deixou Yago Dora brigando pelo segundo lugar.

Depois de mais cinco vitórias verde-amarelas, o francês Paul Cesar Distinguin conseguiu derrotar dois brasileiros e um dos ídolos do surfe argentino, Martin Passeri, que perdeu a batalha pela segunda vaga para o brasileiro João Abreu. Na disputa seguinte, deu Brasil com Michael Rodrigues ganhando um confronto sul-americano contra um uruguaio, um peruano e um argentino. Já as duas últimas baterias do dia foram conquistadas pelo uruguaio Marco Giorgi e o japonês Reo Inaba, com o norte-americano Knox Harris despachando dois argentinos, Juan Arca e Nahuel Rull, para ficar com a última vaga para a terceira fase.

DEZ PAÍSES 
Dos quinze países representados no início do Rip Curl Pro Stamina, restaram apenas dez e os brasileiros continuam com maioria absoluta entre os 64 surfistas que vão disputar a terceira fase na Argentina. Na lista dos concorrentes ao título que vale um prêmio de 8.000 dólares, 750 pontos no ranking mundial do ASP Qualifying Series e 2.000 pontos para o sul-americano da ASP South America, 43 são do Brasil, cinco da Argentina, três dos Estados Unidos, três da África do Sul, três do Chile, dois do Japão, dois do Uruguai, um da França, um da Espanha e um da Ilha Guadalupe.

ASP SOUTH AMERICA SURF SERIES 2014 

Além do Rip Curl Pro Stamina da Argentina, mais três etapas estão confirmadas para definir o melhor surfista profissional da América do Sul, todas valendo os mesmos 2.000 pontos. A próxima é o Powerade apresenta Quiksilver Saquarema Prime nos dias 20 a 25 de maio em Saquarema (RJ), no Brasil. Depois, vem o desafio nas grandes ondas de El Gringo no ASP 3-Star Maui and Sons Arica World Star Tour de 22 a 26 de julho no Chile e o ASP 4-Star Mahalo Surf Eco Festival nos dias 9 a 14 de setembro na Praia da Tiririca, em Itacaré, no litoral sul da Bahia, novamente no Brasil.

Apesar das pontuações diferenciadas no ASP Qualifying Series pelas premiações oferecidas nos eventos, para o ranking que vai definir o campeão sul-americano do ASP South America Surf Series a partir desta temporada de 2014, todos os resultados valerão a mesma pontuação, ou seja, 2.000 pontos para o vencedor independente do nível da etapa no calendário mundial. O objetivo da ASP South America em implantar esta nova regra, é para premiar a participação dos surfistas nos eventos organizados pelo escritório regional da ASP na América do Sul.

Acesse a transmissão ao vivo do Rip Curl Pro Stamina pelo www.aspsouthamerica.com e acompanhe a participação dos surfistas sul-americanos nos circuitos mundiais da ASP também pelas redes sociais da ASP South America – www.facebook.com/aspsouthamerica e www.twitter.com/aspsouthameric1

———————————————————————————-
Texto: João Carvalho – Assessoria de Imprensa da ASP South America – 
———————————————————————————-

TERCEIRA FASE – Round of 64 – 3.o=33.o lugar (US$ 500 e 133 pts) / 4.o=49.o ($ 300 e 75 pts):

1.a: Heitor Alves (BRA), Taylor Clark (EUA), Franklin Serpa (BRA), Nicolas Guajardo (CHL)

2.a: Halley Batista (BRA), Luel Felipe (BRA), Phillipe Chagas (BRA), Pedro Henrique (BRA)

3.a: Leandro Usuña (ARG), Guillermo Satt (CHL), Jihad Khodr (BRA), Ethan Egiguren (ESP)

4.a: Marco Fernandez (BRA), Rafael Teixeira (BRA), Jake Halstead (EUA), Mariano Arreyes (BRA)

5.a: Santiago Muniz (ARG), Flavio Nakagima (BRA), José Eduardo (BRA), Marcelo Rodriguez (ARG)

6.a: Hizunomê Bettero (BRA), Lucas Silveira (BRA), Robson Santos (BRA), Wesley Leite (BRA)

7.a: Ricardo dos Santos (BRA), Deivid Silva (BRA), Dimitri Ouvre (GLP), Giuliano Arreyes (ARG)

8.a: Tomas Hermes (BRA), Gabriel André (BRA), Victor Bernardo (BRA), Yago Dora (BRA)

9.a: Peterson Crisanto (BRA), Wesley Santos (BRA), Tales Araujo (BRA), Raphael Seixas (BRA)

10: Manuel Selman (CHL), Dylan Lightfoot (AFR), Yan Daberkow (BRA), Marco Aurelio (BRA)

11: Messias Felix (BRA), Thiago Guimarães (BRA), Bruno Galini (BRA), Alan Donato (BRA)

12: Bino Lopes (BRA), Shun Murakami (JPN), Marcos Correa (BRA), Italo Ferreira (BRA)

13: Alex Ribeiro (BRA), Matheus Navarro (BRA), Paul Cesar Distinguin (FRA), Sebastian Olarte (URU)

14: Ian Gouveia (BRA), David Van Zyl (AFR), Michael Rodrigues (BRA), João Abreu (BRA)

15: Sidney Guimarães (BRA), Michael February (AFR), Marco Giorgi (URU), Knox Harris (EUA)

16: David do Carmo (BRA), Lucas Santamaria (ARG), Reo Inaba (JPN), Alcides Lopes (BRA

RESULTADOS DA QUARTA-FEIRA NA PLAYA GRANDE DE MAR DEL PLATA:

SEGUNDA FASE – Round of 96 – 3.o=65.o lugar (56 pts) / 4.o=81.o lugar (32 pts):

1.a: 1-Franklin Serpa (BRA), 2-Pedro Henrique (BRA), 3-Ryan Bignold (AUS), 4-Sebastian Correa (PER)

2.a: 1-Philippe Chagas (BRA), 2-Nicolas Guajardo (CHL), 3-Alan Jhones (BRA), 4-Bruno Rodrigues (BRA)

3.a: 1-Jihad Khodr (BRA), 2-Mariano Arreyes (BRA), 3-Jacob Szekely (EUA), 4-Brent Symes (AUS)

4.a: 1-Jake Halstead (EUA), 2-Ethan Egiguren (ESP), 3-Saul Senna (BRA), 4-Lucca Saldivar (PER)

5.a: 1-Jose Eduardo (BRA), 2-Wesley Leite (BRA), 3-Caetano Vargas (BRA), 4-Rafael Pereira (VNZ)

6.a: 1-Robson Santos (BRA), 2-Marcelo Rodriguez (ARG), 3-Paulo Moura (BRA), 4-Camilo Hernandez (CHL)

7.a: 1-Dimitri Ouvre (GLP), 2-Yago Dora (BRA), 3-Felipe Suarez (ARG), 4-Alonso Correa (PER)

8.a: 1-Victor Bernardo (BRA), 2-Giuliano Arreyes (ARG), 3-Rhamon Austin (BRA)

9.a: 1-Tales Araujo (BRA), 2-Marco Aurelio (BRA), 3-Gabriel Farias (BRA), 4-Cauê Wood (BRA)

10: 1-Yan Daberkow (BRA), 2-Raphael Seixas (BRA), 3-Ygor Arakaki (BRA), 4-Nahuel Amalfitano (ARG)

11: 1-Bruno Galini (BRA), 2-Italo Ferreira (BRA), 3-Agustin Bollini (ARG), 4-Pablo Paulino (BRA)

12: 1-Marcos Correa (BRA), 2-Alan Donato (BRA), 3-Cainã Barletta (BRA), 4-Danilo Cerda (CHL)

13: 1-Paul Cesar Distinguin (FRA), 2-João Abreu (BRA), 3-Martin Passeri (ARG), 4-Alon Campestrini (BRA)

14: 1-Michael Rodrigues (BRA), 2-Sebastian Olarte (URU), 3-Lucca Mesinas Novaro (PER), 4-Francisco Usuna (ARG)

15: 1-Marco Giorgi (URU), 2-Alcides Lopes (BRA), 3-Maximiliano Siri (ARG), 4-Nate Dorman (EUA)

16: 1-Reo Inaba (JPN), 2-Knox Harris (EUA), 3-Juan Arca (ARG), 4-Nahuel Rull (ARG)

PRIMEIRA FASE – Round of 112 – 3.o=97.o lugar (24 pontos) / 4.o=105.o lugar (18 pontos):

1.a: 1-Franklin Serpa (BRA), 2-Alan Jhones (BRA), 3-Facundo Arreyes (ARG), 4-Brian Coutu (EUA)

2.a: 1-Mariano Arreyes (BRA), 2-Saul Senna (BRA), 3-Israel Barona (EQU), 4-Jonathan Zambrano Chila (EQU)

3.a: 1-José Eduardo Oliveira (BRA), 2-Camilo Hernandez (CHL), 3-Nicolas Ventura (ARG), 4-Juli Raad (BRA)

4.a: 1-Felipe Suarez (ARG), 2-Giuliano Arreyes (BRA), 3-Tobias Ortells Privitera (ARG), 4-Felipe Spulveda (CHL)

5.a: 1-Marco Aurelio (BRA), 2-Nahuel Amalfitano (ARG), 3-Ej Mitsui (HAV), 4-Ignacio Rojas (ARG)

6.a: 1-Pablo Paulino (BRA), 2-Danilo Cerda (CHL), 3-Bruno Moraes (BRA), 4-Jefferson Silva (BRA)

7.a: 1-Alon Campestrini (BRA), 2-Sebastian Olarte (URU), 3-Kona Oliveira (HAV)

8.a: 1-Maximiliano Siri (ARG), 2-Nahuel Rull (ARG), 3-Gustavo Ribeiro (BRA), 4-Tomas Lopez Moreno (ARG)

Comentários

comentários

Compartilhe